Santana do Garambéu: razões que vão te fazer se apaixonar

Santana do Garambéu, esse é o segundo texto da série sobre as Santanas da minha vida.

E hoje vamos falar sobre uma cidadezinha pequena que fica na microrregião do Alto Rio Grande. 

Essa Santana tem pouco mais de 2230 pessoas segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A Santana do Garambéu é acolhedora e vai te fazer se apaixonar, assim como fez comigo.

 

Cidade Santana do Garambéu

Santana do Garambéu assim como a maioria das cidades de Minas teve como seus primeiros habitantes exploradores de ouro.

Mas nessa época a cidade ainda se chamava Ponte do Grambéu, isso na metade do século XVII.

Foi de onde surgiu o povoado de Garambéu. 

Santana é a padroeira do município até então de Barbacena, em 1836.

48 anos depois o distrito passou a ser parte do município de Lima Duarte.

Foi só no século XX que Santana do Garambéu foi emancipada e elevada a município recebendo o nome pelo qual é conhecido nos dias de hoje.

Existem documentos que mostram que Garambéu pode ter tido origem durante o Ciclo do Ouro.

A história conta que quando bandeirantes apareceram na região, sendo um deles Antônio Garambéu.

Garambéu foi quem decidiu construir a capela consagrada a Nossa Senhora Santana.

E foi exatamente em torno desta capela que surgiu hoje a cidade.

A capela de Santana foi erguida em 1755, porém naquela época ela se denominava Garambeo.

Sendo ela dedicada a São José e Sant’Ana. 

A igreja foi reformada em 1941, as obras foram concluídas no ano seguinte e desde então é mantida até hoje.

Pouco se sabe sobre a história de Antônio Garambéu, porém ele provavelmente foi um dos fundadores do primitivo arraial.

 

Onde ficar em Santana do Garambéu

Eu quis separar um parágrafo só para te indicar lugares para você ficar em Santana do Garambéu.

São lugares que eu escolhi a dedo e tenho o imenso prazer em recomendar para vocês.

Então ao escolher essa Santana como o seu próximo destino, siga essas dicas para você não precisar se preocupar com hospedagem.

Além de comodidade e conforto, você vai ficar em uma ótima localização, seja qualquer umas das opções que eu te indicar.

 

Se você escolher essa opção de hospedagem, ligue para (32) 98417-4539.

A pousada fica na Praça Dom Justino, 402.

A faixa de preço da diária é R$75,00. Lembrando que esse preço pode variar.

 

Se você optar por ficar aqui, ligue no (32) 98484-7583 e faça a sua reserva.

O endereço da pousada é Rua Waldemar Antônio Machado, 98.

O preço da diária é R$75,00. Ligue e pergunte pois o preço pode ter sido alterado.

 

A terceira opção de hospedagem fica na zona rural da cidade, é uma opção de refúgio para quem deseja se afastar da rotina diária e curtir a natureza.

(32) 98417-4539 esse é o telefone da pousada, ligue e faça já a sua reserva.

 

Essas foram as opções de hospedagem que eu separei para você.

Na sua próxima viagem a Santana do Garambéu você já sabe onde ficar.

Queria lembrar que é muito importante ligar para as pousadas para saber todos os detalhes. Pois os preços podem ter sido alterados.

 

O que fazer em Santana do Garambéu 

Esse aqui é um roteiro para você poder curtir Santana do Garambéu. O objetivo é te fazer relaxar e aproveitar tudo o que essa cidade pode te oferecer.

 

Cachoeira da Água Limpa

De fácil acesso, essa bela cachoeira é a mais próxima da cidade de Santana do Garambéu (4 km).

Dentro de um pequeno vale, seu grande poço encanta com águas verde turquesa e queda entre as pedras, que juntamente com o lago formam uma prainha, deixando o local ainda mais agradável.

 

Cachoeira Zé Fortes

No vale do Rio Capivari, rodeado de belas paisagens dos campos da região.

Fica a Cachoeira do Zé Fortes, formada por quatro quedas d'água em sequência, formando várias banheiras e poços para banho.

 

Cachoeira do defunto

O nome da cachoeira remonta histórias antigas da região.

Utilizada pelo fazendeiro local, ainda no período do Brasil colônia, para descartar corpos de tropeiros que ele assassinava para roubar seus pertences. 

Em meio a belas formações rochosas no Córrego da Bandeira, a Cachoeira do Defunto possui três quedas d'águas, com duchas e poços para banho. 

Além disso, possui uma imagem de uma santa, pintada sob um abrigo na rocha, em homenagem aos ali assassinados.

 

Capela de São Francisco de Assis

A Capela de São Francisco de Assis tem seu estilo arquitetônico chamado de "rústico mineiro" .

As pedras aparelhadas fixadas apenas em uma face, delimitado por uma muralha de paramentos de alvenaria de pedra.

Esse bem tombado fica no ponto mais alto da sede da cidade, de onde pode avistar todo o centro de Santana do Garambéu, inclusive seus altos. 

A Capela é um marco de fé e cultura local.

 

Matriz de Sant`Ana

Localizada no centro da cidade sendo o marco zero do município.

Sua edificação é vista de vários pontos da cidade.

Sua primeira construção foi em 1755 porém passando por reformas durante os anos.

Ela mantém seu estilo arquitetônico eclético tardio cercado com uma bela praça calçada com pedras e várias imagens em seu interior.

 

Santana do Garambéu uma das Santanas da minha vida

Viajar por Minas Gerais é ter uma surpresa em cada esquina ou em cada curva da estrada, mas algumas são positivas demais, além de nossa imaginação.

Foi assim a minha relação com a pequena Santana do Garambéu, cidadezinha de dois mil habitantes, localizada a 70 km de Barbacena.

Fui até lá para gravar um episódio da Viação Cipó e, ao chegar, pensei: como gravar um programa aqui? Um lugar tão pequeno? E agora o que eu faço em Santana do Garambéu?

Mas o tempo me mostrou muita coisa diferente.

Além das festas religiosas, que mexem com toda a região, a cidade tem um hotel no Centro, que foi a primeira casa da localidade.

Mais uma pequena e simpática pousada na zona urbana e outra na zona rural. Lugar em Santana do Garambéu pra ficar já tem.

Mas não se perca nas mais de 60 cachoeiras e muito rios limpos. 

O Rio Verde passa por lá também, além de alambiques, biscoiteiras e muitas outras atrações.

E ainda: é uma das cidades mais altas do Brasil e, à tarde, um friozinho gostoso sobe pelas montanhas e deixa o clima bem romântico. 

Acabei gravando dois programas lá e me apaixonando por mais esta Santana.

Se você gostou de conhecer a segunda Santana da minha vida e está ansioso para conhecer a próxima deixe aqui o seu comentário.

Caso a sua preferência seja por me mandar um dm no Instagram fique a vontade acesse @viajandocomtoledo e venha fazer parte da família.

 

Criando em: 22/04/2021